Home Blog Dermatologia

Cuidados com a pele do bebê

Postado em: 06 de setembro

Entenda por que a pele do bebê precisa de cuidados especiais A pele do bebê é mais sensível que a pele adulta, principalmente por causa dos mecanismos de defesa que ainda não estão totalmente desenvolvidos. Nos primeiros meses de vida, algumas reações são comuns, como dermatite seborreica,...

continue lendo
Cuidados com a pele do bebê

Entenda por que a pele do bebê precisa de cuidados especiais

A pele do bebê é mais sensível que a pele adulta, principalmente por causa dos mecanismos de defesa que ainda não estão totalmente desenvolvidos. Nos primeiros meses de vida, algumas reações são comuns, como dermatite seborreica, dermatite de fralda, acne neonatal e miliária.

Doenças comuns em recém-nascidos

Algumas ocorrências são mais comuns em bebês recém-nascidos, como a dermatite seborreica (conhecida como crosta láctea), dermatite de fraldas, miliária e hemangiomas. No caso da crosta láctea, é comum que a pele do bebê descame, principalmente na região do couro cabeludo, rosto (na área das pálpebras) e virilha. Já a dermatite de fraldas é uma inflamação recorrente por causa do contato da pele do bebê com urina ou fezes por muito tempo. Nestes casos, a dermatologista pediatra do IDC Amanda Hertz afirma que “utilizar cremes de barreiras específicos e trocar a fralda várias vezes ao dia, não deixando o bebê em contato com fezes e urina, evita a dermatite de fraldas.” A médica também afirma que óleos para bebê ajudam em casos de crosta láctea.

Bebês podem ter espinhas?

Pode soar estranho a associação de acnes e bebês, mas a acne neonatal é uma condição comum nos recém-nascidos. A acne neonatal é caracterizada por bolinhas vermelhas, possivelmente com pus, e geralmente aparecem no rosto do bebê.

Brotoejas: é possível evitar?

A miliária é conhecida como brotoeja e é causada por glândulas sudoríparas obstruídas. Dessa forma, a saída do suor do corpo do bebê fica obstruída, ocasionando a brotoeja. Bebês que ficam demasiadamente agasalhados, principalmente em ambientes quentes e úmidos, podem desenvolver essa reação dermatológica. Por isso, consulte sempre o pediatra de sua confiança sobre a quantidade de roupa que deve usar para vestir seu pequeno.

Cuidados com a pele do bebê

Ao perceber reações cutâneas no seu bebê, procure seu dermatologista de confiança

A pele do seu bebê precisa de muito cuidado e atenção. Conte com a equipe do Instituto Dermatológico de Curitiba para tirar suas dúvidas e manter a pele do seu pequeno saudável.

Home Blog Alimentação

Alimentação: como manter a qualidade de vida após os 50 anos

Postado em: 29 de agosto

A expectativa de vida tem aumentado cada vez mais. Tão importante quanto viver mais, é envelhecer bem. Após os 50 anos, alguns cuidados são essenciais para manter a saúde do corpo e da mente em dia. A alimentação é um dos pilares fundamentais para ter mais qualidade de vida e equilíbrio – comer ...

continue lendo

A expectativa de vida tem aumentado cada vez mais. Tão importante quanto viver mais, é envelhecer bem. Após os 50 anos, alguns cuidados são essenciais para manter a saúde do corpo e da mente em dia. A alimentação é um dos pilares fundamentais para ter mais qualidade de vida e equilíbrio – comer bem significa aumentar a resistência às doenças, ter mais energia e se recuperar mais rapidamente de enfermidades. Um prato colorido é um indício de boas escolhas. Consumir uma grande variedade de frutas, legumes e verduras e optar por proteínas magras e grãos integrais vai fazer a diferença na disposição e na saúde. Confira as principais dicas para uma alimentação balanceada e saudável:

- Dê preferência aos alimentos frescos e aproveite tudo. Folhas e talos também são ricos em vitaminas e nutrientes.

- Consuma mais fibras. Uma das formas mais simples e fáceis é comer frutas e verduras cruas.

- Vegetais cozidos, crus, assados: solte a imaginação e prepare pratos cheios de sabor e saúde. Use e abuse dos verdes escuros e alaranjados, que são antioxidantes.

- O organismo precisa de cálcio, especialmente nessa idade, para proteger os ossos e prevenir a osteoporose. Leite e derivados, brócolis, amêndoas, couve e tofu são algumas fontes de cálcio.

- Grãos integrais são melhores para a saúde do que as farinhas refinadas. Além de aumentar a saciedade, evitam os picos de glicose no sangue.

- Não esqueça das proteínas. Carnes, peixes, ovos, feijão, ervilha e sementes devem estar presentes no cardápio.

- Tá com sede? Tome água. Este é o melhor líquido para hidratar o corpo, não tem nenhuma contraindicação e é essencial para o funcionamento correto dos órgãos.

- Reduza a quantidade de sal. O excesso de sódio é responsável pela retenção de água e hipertensão.

- Utilize gorduras boas como azeite de oliva, abacate, salmão e nozes. Além de proteger o organismo de doenças cardíacas, elas aumentam o colesterol bom (HDL) e diminuem o ruim (LDL).

Home Blog Tratamento

Laser é eficaz no tratamento de manchas

Postado em: 23 de agosto

Exposição aos raios solares e a luz artificial, alterações hormonais e contato com determinadas substâncias podem causar manchas na pele. De acordo com a dermatologista Lúcia Ribeiro, existem vários tipos de manchas e cada uma exige um tipo de tratamento diferente. “É necessário fazer uma avaliaçã...

continue lendo

Exposição aos raios solares e a luz artificial, alterações hormonais e contato com determinadas substâncias podem causar manchas na pele. De acordo com a dermatologista Lúcia Ribeiro, existem vários tipos de manchas e cada uma exige um tipo de tratamento diferente. “É necessário fazer uma avaliação criteriosa da pele, entender os hábitos de vida do paciente e analisar qual a melhor conduta de acordo com estas características individuais”, explica.

O melasma, por exemplo, é um tipo de mancha que normalmente surge devido à exposição ao sol, gravidez ou uso de medicamentos. Aparece principalmente na testa, maçãs do rosto e buço. Também pode surgir nos braços e no colo. Já a melanose é uma mancha escura, arredondada e que surge com o envelhecimento. A acne é outro fator que provoca manchas – no início são avermelhadas e podem mudar para tons marrons.

A gravidade da mancha, o tamanho e a localização são alguns fatores que também influenciam na escolha do procedimento mais adequado para tratar o problema. Clareadores, laser, peeling e luz pulsada são algumas opções para minimizar e até eliminar os sinais dos distúrbios de pigmentação.

Um dos métodos indicados no IDC para o tratamento de manchas é o laser Harmony XL, uma plataforma multifuncional com 19 opções de ponteiras. O aparelho pode ser utilizado em quase todos os tipos de lesões de pele, incluindo as manchas. “A consulta médica irá determinar a conduta mais adequada e quais procedimentos podem ser utilizados em conjunto para melhores resultados”, observa a dermatologista.

Quer saber mais? Marque sua consulta no IDC pelo telefone (41) 3342-8484.

Home Blog Tratamento

5 TRATAMENTOS ESTÉTICOS PARA FAZER NO OUTONO

Postado em: 08 de abril

Os dias quentes acabaram e neste momento você se dá conta de que não conseguiu fazer tudo o que queria para manter o corpo em forma. É hora de correr atrás do prejuízo, e nós vamos te ajudar! Com temperaturas mais amenas, o Outono é uma das melhores estações para se investir em tratamentos estéti...

continue lendo

Os dias quentes acabaram e neste momento você se dá conta de que não conseguiu fazer tudo o que queria para manter o corpo em forma. É hora de correr atrás do prejuízo, e nós vamos te ajudar!

Com temperaturas mais amenas, o Outono é uma das melhores estações para se investir em tratamentos estéticos. Por isso, separamos 5 tratamentos estéticos indicados para essa época do ano e que são realizados aqui no Instituto Dermatológico de Curitiba, confere:

PEELING QUÍMICO

5 TRATAMENTOS ESTÉTICOS PARA FAZER NO OUTONO

Neste tratamento, é aplicado uma solução química à pele, estimulando a regeneração e o surgimento de uma nova pele geralmente mais lisa e menos enrugada.

Após o peeling químico, a pele fica temporariamente mais sensível ao sol, sendo mais indicado realizar o procedimento em estações com menor incidência solar, como o Outono e Inverno. Mas nada de deixar o protetor solar guardado no armário, o produto deve ser utilizado diariamente independente da estação.

Caso queira saber mais sobre o peeling químico, recomendamos a leitura abaixo:

Tratamento de rugas e linhas de expressão com peeling químico

LUZ INTENSA PULSADA

5 TRATAMENTOS ESTÉTICOS PARA FAZER NO OUTONO

Também conhecido como fotorejuvenescimento ou fotofacial, a luz intensa pulsada é um tratamento ablativo, ou seja, estimula a produção de colágeno através de pulsos de luz visíveis e intensos sobre uma área específica sem danificar a pele ao redor.

Este procedimento estético é bem-sucedido para o tratamento de linhas finas e rugas, manchas escuras e vermelhidão. Após a aplicação, recomenda-se um hidratante nutritivo e um protetor solar forte, além de evitar o contato com o sol por alguns dias.

Caso queira saber mais sobre a luz intensa pulsada, recomendamos a leitura abaixo:

Luz intensa pulsada no tratamento de manchas faciais

TOXINA BOTULÍNICA

5 TRATAMENTOS ESTÉTICOS PARA FAZER NO OUTONO

A toxina botulínica, popularmente conhecida como botox é uma toxina utilizada para fins estéticos e funcionais que provoca o relaxamento de determinados músculos.

É indicado para suavizar as rugas e linhas de expressão do rosto e quando aplicado, a toxina botulínica age como um bloqueador neuromuscular, impedindo, a contração muscular.

Caso queira saber mais sobre a aplicação de toxina botulínica, recomendamos a leitura abaixo:

Funções da toxina botulínica além da estética

LASER DE CO2 FRACIONADO

5 TRATAMENTOS ESTÉTICOS PARA FAZER NO OUTONO

O tratamento com laser CO2 fracionado é indicado para casos de envelhecimento mais evidente na pele, além de ser usado para tratar imperfeições da pele, como cicatrizes de acne, rugas, flacidez e estrias.

Após a aplicação, pode haver inchaço da pele e algumas microlesões, que devem ser cuidadas com a boa higiene da pele e uso de cicatrizantes, até a recuperação completa da pele.

Caso queira saber mais sobre o tratamento com laser CO2 fracionado, recomendamos a leitura abaixo:

Laser CO2 fracionado: rejuvenescimento da pele

Sempre que quiser sugerir temas ou conversar sobre algum assunto pode entrar em contato conosco. Até o próximo conteúdo! ??

Home Blog Tratamento

NEVUS DE OTA: CAUSAS E TRATAMENTO

Postado em: 22 de março

O nevus (nevo) de ota é um tipo de melanocitose dérmica (melanócitos excessivos nos tecidos), também conhecido como melanose bulbi congênita, nevus fuscoceruleus ophthalmomaxillaris, melanocitose oculodérmica ou melanocitose oculomucodérmica. A patologia é caracterizada por uma hiperpigmentação ...

continue lendo

O nevus (nevo) de ota é um tipo de melanocitose dérmica (melanócitos excessivos nos tecidos), também conhecido como melanose bulbi congênita, nevus fuscoceruleus ophthalmomaxillaris, melanocitose oculodérmica ou melanocitose oculomucodérmica.

A patologia é caracterizada por uma hiperpigmentação da pele na região do rosto próximo ao nervo trigêmeo ou nos olhos. As manchas que aparecem podem ser de coloração azul-escura, verde-azuladas, violetas ou castanhas, e são mais frequentes em mulheres negras e orientais.

As manchas são tipicamente unilaterais, o que significa que geralmente envolve apenas um lado do rosto. Em alguns casos, pode se apresentar bilateralmente em ambos os lados da face. Se isso ocorrer, a condição é referida como nevo de Hori.

Estudos estimam que cerca de 50 por cento de todos os casos de nevo de ota estão presentes no nascimento, enquanto o resto geralmente se desenvolve durante a adolescência. Mas, o que causa essa hiperpigmentação da pele?

CAUSAS

A doença é ocasionada pelo aprisionamento de melanócitos, que são as células produtoras da melanina que dão cor à pele. Os melanócitos geralmente ficam localizados entre a epiderme e a derme.

No caso do nevus de ota os melanócitos estão localizados todos na derme, que é a camada mais superficial da pele, por isso acabam produzindo essa coloração mais escura na região formando uma mancha escura.

As manchas são mais comumente encontradas em mulheres do que em homens, com uma proporção estimada de 5:1. Também ocorre mais comumente em pessoas de ascendência asiática ou africana. No entanto, o nevus de ota pode se apresentar em pessoas de todas as diferentes pigmentações da pele.

TRATAMENTO

Se você está com hiperpigmentação da pele perto ou ao redor dos olhos, é importante consultar um médico para um diagnóstico apropriado. O seu dermatologista vai observar a descoloração e sugerir o melhor tratamento.

Os tratamentos a laser com o Spectra XT costumam ser a abordagem corretiva mais eficaz para o nevus de ota, embora devam ser repetidos mais de uma vez, com múltiplas abordagens e aplicações.

Os tratamentos a laser trabalham para destruir os melanócitos excessivos que causam a hiperpigmentação azulada, com o objetivo de devolver a pele ao seu pigmento natural.

Caso tenha alguma dúvida sobre a doença, queira sugerir temas ou conversar sobre algum assunto entre em contato conosco.

E enquanto você espera nossa próxima publicação, quero compartilhar alguns dos nossos melhores conteúdos com você:

Causas e tratamentos de manchas na pele

Diferenças entre melasma e melanoses