Home Blog Pele

Cuidados com a pele no outono

Postado em: 15 de maio

As estações do ano implicam em cuidados especiais com a pele. Os cuidados com a pele no outono precisam ser redobrados devido à baixa umidade, que acaba provocando ressecamentos e faz com que os tecidos cutâneos fiquem mais sensíveis.O outono é conhecido por ser uma época do ano com temperaturas mai...

continue lendo

As estações do ano implicam em cuidados especiais com a pele. Os cuidados com a pele no outono precisam ser redobrados devido à baixa umidade, que acaba provocando ressecamentos e faz com que os tecidos cutâneos fiquem mais sensíveis.

O outono é conhecido por ser uma época do ano com temperaturas mais amenas, mas que possui ventos mais frescos, principalmente de manhã e no final do dia. Isso causa o ressecamento natural da pele, o que exige que tenhamos mais cuidados para nos proteger.

O ideal é fazer uso redobrado de hidratantes, logo após o banho, quando a pele ainda está úmida. É importante fazer uso de protetor solar mesmo em dias nublados, pois além de causar manchas e ressecamentos, os raios UV podem causar câncer de pele.

Apesar do outono representar uma época em que o ressecamento da pele se torna um problema para quase todas as pessoas, essa é uma estação bastante propícia à realização de tratamentos estéticos que exigem menos exposição solar. Abaixo, seguem alguns dos tratamentos mais indicados para o outono.

Peeling: técnica que envolve a descamação da pele, fazendo com que ela se renove e fique com aparência mais jovem. A recuperação desse procedimento exige que a exposição aos raios UV seja evitada, sendo o outono então, uma época ideal para realizar o tratamento.

Microagulhamento: o Dermaroller é um aparelho com micro-agulhas que faz com que a pele sofra algumas pequenas lesões, o que estimula a produção de colágeno. Essa é uma técnica não invasiva por se tratar de ferimentos muito pequenos, e é também indicada para ser feita no outono porque a exposição ao sol pós-procedimento também não é indicada.

Se interessou em realizar algum procedimento estético? Entre em contato conosco, retire suas dúvidas ou agende uma avaliação médica.

Home Blog Pele

Tratamento de rugas e linhas de expressão com peeling químico

Postado em: 24 de abril

O peeling químico é um tipo de tratamento estético que consiste na aplicação de substâncias combinadas sobre a pele, que promovem a descamação e remoção das células mortas, a fim de remodelar o colágeno. Geralmente, a técnica pode ser utilizada na pele do rosto, mãos e pescoço para remover manchas, ...

continue lendo

O peeling químico é um tipo de tratamento estético que consiste na aplicação de substâncias combinadas sobre a pele, que promovem a descamação e remoção das células mortas, a fim de remodelar o colágeno. Geralmente, a técnica pode ser utilizada na pele do rosto, mãos e pescoço para remover manchas, marcas de acne, cicatrizes, rugas e linhas de expressão. Assim, os principais tipos de peeling químico incluem:

  • Peeling químico superficial: o processo utiliza produtos de baixa penetração, removendo apenas a camada externa da pele, sendo ótimo para clarear manchas e retirar marcas de acne ou rugas superficiais;

  • Peeling químico médio: são utilizados ácidos que removem a camada externa e média da pele, sendo utilizado para tratar acne e mais profundas;

  • Peeling químico profundo: remove as camadas de pele até o seu nível mais profundo, sendo recomendado para casos de pele danificada pelo sol e outras cicatrizes mais profundas, como as de acne ou acidentes.

Os resultados do peeling químico podem ser vistos a partir da segunda sessão de tratamento, e nesse período é aconselhado o uso de um bom creme hidratante, com filtro solar, pois a pele fica muito sensível, avermelhada e com tendência a descamar.

Por tratar-se de um tratamento delicado é muito importante discutir abertamente com o seu médico para entender as necessidades do seu tipo de pele e escolher o tratamento mais eficaz. Por isso, o Instituto Dermatológico de Curitiba conta com profissionais especialistas no assunto preparados para atender os mais diversos casos. Entre em contato e agende uma avaliação médica.

Home Blog Pele

Epilação a laser não invasiva a pele com soprano ice

Postado em: 18 de abril

Diferente da depilação, a epilação a laser é o processo de remoção por extração dos pelos inteiros, pela raiz. Como por exemplo, através de pinças, ceras, aparelhos elétricos que arrancam os pelos, laser, luz intensa pulsada, eletrólise. A técnica consiste na extração do pelo pela raiz, o que diminu...

continue lendo

Diferente da depilação, a epilação a laser é o processo de remoção por extração dos pelos inteiros, pela raiz. Como por exemplo, através de pinças, ceras, aparelhos elétricos que arrancam os pelos, laser, luz intensa pulsada, eletrólise. A técnica consiste na extração do pelo pela raiz, o que diminui, atrasa o seu ritmo de crescimento.

A remoção de pelos através de métodos convencionais (lâminas ou ceras), além de causar dor, podem danificar a saúde e estrutura da pele. Mesmo com a função de proteger o corpo, os pelos costumam ser indesejados e o processo periódico de remoção pode ser cansativo e dolorido. Por este motivo foram criadas diversas tecnologias que realizam a remoção de pelos de forma praticamente definitiva através da epilação a laser.

Para tratamentos destinados a redução de pelos de forma rápida, eficiente e segura, o IDC indica o Soprano ICE, uma eficiente solução a laser no mercado para epilação e que não danifica a pele, como acontece com outros processos de depilação periódica.

A epilação a laser atua incorporando múltiplos comprimentos de onda e tecnologia, permitindo tratar pacientes com vários tipos de pelos e peles. Com uma ponteira de safira resfriada ele reduz o risco de queimaduras na pele e mantém o calor interno na derme, melhorando os resultados do procedimento e aumentando o conforto do paciente.

O Instituto Dermatológico de Curitiba conta com uma ampla variedade de tecnologias avançadas e aparelhos estéticos que auxiliam na busca pela beleza, bem-estar e saúde de nossos clientes. Entre em contato e agende uma avaliação!

Home Blog Pele

Powershape platform: rejuvenecimento facial sem cirurgia

Postado em: 12 de abril

À medida que envelhecemos, a produção de hidratantes naturais da pele (tais como o acido hialurônico) diminui lentamente, a pele começa a perder elasticidade e volume, deixando linhas faciais ou marcas de expressão aparentes devido a atividade repetitiva dos músculos da face.A pele passa por mudança...

continue lendo

À medida que envelhecemos, a produção de hidratantes naturais da pele (tais como o acido hialurônico) diminui lentamente, a pele começa a perder elasticidade e volume, deixando linhas faciais ou marcas de expressão aparentes devido a atividade repetitiva dos músculos da face.

A pele passa por mudanças que afetam a textura, o volume e a aparência. Ao mesmo tempo, nossa estrutura óssea é alterada, o que gradualmente altera nossas características faciais. Para reduzir os sinais do processo de envelhecimento, existem no mercado, atualmente, tratamentos estéticos como o PowerShape Platform: um equipamento completo que associa um poderoso ultrassom cavitacional, com radiofrequência (RF) Multipolar, LED e um sistema pneumático de endermologia.

O rejuvenescimento facial através do PowerShape Platform proporciona a substituição progressiva de colágeno, oferecendo uma aparência mais natural, aumentando a espessura da pele, o que suaviza os sinais do envelhecimento e confere um aspecto mais suave para marcas, linhas, sulcos, além de corrigir as alterações do rosto.

O PowerShape Platform pode ser utilizado em diversos tratamentos faciais e corporais, como: rejuvenescimento facial, acne, celulite, modelagem corporal, queima de gordura, flacidez e redução de medidas . O aplicador facial especializado trabalha com radiofrequência bi-polar a vácuo. E este sistema de tratamento pode ser aplicado em áreas pequenas como pálpebras e no canto da boca. A radiofrequência e o sistema a vácuo reconstroem o colágeno – fragmentado e velho – e também promovem a contração do colágeno superior e a formação de elastina na pele.

O Instituto Dermatológico de Curitiba conta com uma ampla variedade de tecnologias avançadas e aparelhos estéticos que auxiliam na busca pela beleza, bem-estar e saúde de nossos clientes. Entre em contato e agende uma avaliação!

Home Blog Pele

Causas e tratamentos de manchas na pele

Postado em: 04 de abril

Existem diversos tipos de manchas que podem aparecer no corpo. Normalmente surgem em maior volume no rosto, mas podem acometer também em outros locais como ombros e pescoço, por isso é importante conhecer as diferenças, como evitar o surgimento e ainda as opções de tratamento.As manchas na pele são ...

continue lendo

Existem diversos tipos de manchas que podem aparecer no corpo. Normalmente surgem em maior volume no rosto, mas podem acometer também em outros locais como ombros e pescoço, por isso é importante conhecer as diferenças, como evitar o surgimento e ainda as opções de tratamento.

As manchas na pele são distúrbios de pigmentação causados pelo excesso de exposição ao sol, alterações hormonais, pré-disposição genética ou contato com substâncias de risco. A medicina explica que a célula responsável pela pigmentação da pele, o melanócito, reage a diversos estímulos e agressões produzindo melanina, ocasionando alterações na pele como melanoses, sardas, manchas pós-acne e ceratose seborreica. Por isso é preciso entender qual o tratamento mais indicado para cada caso.

Mais comuns, as melanoses ou manchas senis, costumam ser escuras, mais arredondadas e surgem com o passar dos anos no corpo devido a exposição excessiva ao sol. As opções para tratamentos podem variar de caso para caso, desde a utilização de luz intensa pulsada até tratamentos a laser de CO²e peelings.

As sardas ou também chamadas de efélides manifestam-se na face de crianças ou jovens, geralmente de pele muito clara, após a exposição solar. Nestes casos o mais indicado para tratamento é a luz intensa pulsada, mas peelingssuperficiais também podem ser uma alternativa.

Os melasmas costumam aparecer com maior frequência no rosto após a gravidez, no uso de pílula ou exposição ao sol, mas também podem aparecer em outros locais mais raros, como colo e braços. Essas manchas são mais resistentes e os resultados podem variar, nestes casos os tratamentos sugeridos são: peeling superficial, procedimentos a laser e microagulhamento.

Devido a grande quantidade de tipos de manchas, é muito importante procurar um dermatologista para identificar e indicar o melhor tratamento para cada caso. No Instituto Dermatológico de Curitiba você encontra especialistas certificados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia para o tratamento de manchas. Entre em contatoe agende uma avaliação.