Procedimentos de Cirurgia Plástica

Conheça todos os procedimentos

O IDC oferece cirurgia plástica estética ou reconstrutora com conhecimento especializado e usando uma criteriosa metodologia que visa garantir equilíbrio, harmonia e beleza para a satisfação e segurança do paciente.

Home Blog Corpo

O que causa as estrias?

Postado em: 12 de fevereiro

As estrias, linhas paralelas que surgem em determinadas partes do corpo, são cicatrizes causadas pelo rompimento das fibras elásticas e colágenas de sustentação da derme. Isso acontece quando ocorre uma distensão repentina da pele que não está preparada para ser esticada, em casos como:Gravidez;Ganh...

continue lendo

As estrias, linhas paralelas que surgem em determinadas partes do corpo, são cicatrizes causadas pelo rompimento das fibras elásticas e colágenas de sustentação da derme. Isso acontece quando ocorre uma distensão repentina da pele que não está preparada para ser esticada, em casos como:

  • Gravidez;
  • Ganho excessivo de peso em pouco tempo;
  • Aumento de altura abruptamente;
  • Colocação de implantes sem cuidados pós-operatórios;
  • Excesso de exercícios físicos;
  • Uso de anabolizantes;
  • Uso prolongado de corticóide.

Algumas das situações mencionadas a cima não podem ser evitadas para a prevenção das estrias, como é o caso da gravidez e crescimento. Porém, algumas medidas ajudam a prevenir ou minimizar seu surgimento, como:

  • A ingestão de pelo menos 2 litros de água por dia;
  • Manutenção do peso de forma saudável e equilibrada;
  • Massagear a pele após o banho com cremes hidratantes ou óleos corporais;

Este problema pode afetar homens e mulheres em qualquer idade e pode ainda ser agravado por fatores genéticos. Sua aparência consiste no surgimento de linhas brancas, roxas ou rosas na superfície da pele, principalmente no abdômen, quadril, costas, ombros, seios, coxas e nádegas.

As estrias não proporcionam nenhuma complicação médica ao paciente, apenas desconforto estético. Elas possuem duas classificações: estrias rosadas, lesões recentes que podem vir acompanhadas de coceira e inflamação. Já as estrias esbranquiçadas são lesões mais antigas.

Os tratamentos disponíveis para estrias dependem da avaliação de um médico dermatologista que saberá identificar as causas e situação atual da pele. Apenas com um diagnóstico profissional será possível encaminhar o paciente para um procedimento ou especialista que dará resultados efetivos.

Entre em contato e agende uma consulta com um dos dermatologistas do IDC.

Home Blog Pele

Causas e Tratamentos para a Flacidez

Postado em: 05 de fevereiro

A flacidez é uma disfunção estética causada principalmente pelo envelhecimento. Sua principal característica é um tecido mole e frouxo. Ela acontece de forma natural em todos os indivíduos ao longo da vida, devido as mudanças gradativas na produção das fibras de sustentação da pele (colágeno e elast...

continue lendo

A flacidez é uma disfunção estética causada principalmente pelo envelhecimento. Sua principal característica é um tecido mole e frouxo. Ela acontece de forma natural em todos os indivíduos ao longo da vida, devido as mudanças gradativas na produção das fibras de sustentação da pele (colágeno e elastina), denominada flacidez dérmica ou no tônus muscular, tipo mais profundo e difícil de ser tratado.

Existem duas causas fisiológicas para o aparecimento da flacidez, a primeira é por fatores intrínsecos, que acontecem pelo próprio corpo, geneticamente com a idade e de forma natural. Este, acontecerá independentemente dos cuidados que a pessoa tiver com a sua pele, pois o consumo de colágeno, muscular e ósseo acontecem todos os dias. Já a segunda causa da flacidez é por fatores extrínsecos, estes sim relacionados à forma que o indivíduo cuida de si mesmo, agravando o problema com: a falta de uso de filtro solar ou cremes hidratantes, emagrecimento excessivo, gestação, má alimentação e o consumo de cigarro e álcool.

Os tratamentos para a flacidez são destinados a minimizar o problema. Os procedimentos mais indicados são o ultrassom microfocado e a radiofrequência, ambos transmitem energias capazes de aquecer o colágeno profundo da pele, com o intuito de desestruturá-lo para que este se reorganize causando uma tensão maior na derme e aumentando sua contenção. Dependendo do tipo de equipamento utilizado, sua penetração pode ser tão grande que chegam a atingir fibras musculares mais superficiais, melhorando além da pele, a densidade e flacidez muscular em áreas mais finas como pescoço e face.

Se você sofre com este problema, entre em contato e converse com os médicos do Instituto Dermatológico de Curitiba para avaliar o seu caso e assim verificar o melhor tipo de tratamento.

Home Blog Corpo

Diferença da Celulite em Homens e Mulheres

Postado em: 30 de janeiro

A celulite é uma situação que acomete principalmente as mulheres e é responsável por um dos maiores incômodos com o corpo. Porém, não é possível determinar uma causa específica que justifique seu surgimento, pois é um problema multifatorial que dependem dos seguintes fatores para determinar o grau d...

continue lendo
Diferença da Celulite em Homens e Mulheres

A celulite é uma situação que acomete principalmente as mulheres e é responsável por um dos maiores incômodos com o corpo. Porém, não é possível determinar uma causa específica que justifique seu surgimento, pois é um problema multifatorial que dependem dos seguintes fatores para determinar o grau do problema, possível evolução e respostas aos tratamentos:

  • Hormônios;
  • Genética;
  • Idade;
  • Hábitos Alimentares;
  • Consumo de álcool e cigarro;
  • Sedentarismo;

A partir dos 20 anos de idade esses hábitos passam a determinar seu surgimento e as mulheres acabam sofrendo mais com este problema, pois seu sistema circulatório é mais deficiente e complexo devido a predominância de estrogênio. A estrutura muscular feminina também é menos desenvolvida, mesmo quando existe a prática de exercícios físicos e isso facilita o surgimento da celulite.

Além disso, o deposito de gordura na mulher e no homem acontece de forma diferente. Enquanto neles ela mantém uma forma plana e sem divisões, nelas o deposito é em favos e dividida por septos, o que causa aquele aspecto de ondulação.

Visto que a celulite surge por diversos fatores, o tratamento também exige o alinhamento de diversas atividades. O uso de técnicas e aparelhos ajudam e muito a minimizar este problema, melhorando a distribuição e até reduzindo a gordura e estimulando a circulação do local. Porém, é fundamental que haja uma dieta adequada, a prática de exercícios físicos que melhorem o tônus muscular da região e tratamento de patologias que prejudique o sistema circulatório como varizes, varicoses e dificuldade de retorno linfático.

Se você precisa de auxílio no tratamento da celulite, entre em contato com o IDC e agende uma consulta com nossos profissionais.

Home Blog Corpo

Redução de Medidas e Inchaço

Postado em: 22 de janeiro

O ganho de medidas e o ganho de peso, não estão necessariamente ligados ao ganho de gordura. Por isso, é importante manter um acompanhamento profissional que possa levantar os ganhos hídricos (retenção de água), a porcentagem de massa muscular e a quantidade de gordura do corpo, pois estar informaçõ...

continue lendo

O ganho de medidas e o ganho de peso, não estão necessariamente ligados ao ganho de gordura. Por isso, é importante manter um acompanhamento profissional que possa levantar os ganhos hídricos (retenção de água), a porcentagem de massa muscular e a quantidade de gordura do corpo, pois estar informações não são possíveis de medir através da balança comum.

É importante lembrar que a principal responsável pelo ganho rápido de medida ou de peso é a retenção de líquidos. Por este motivo o ideal é acompanhar seu peso sempre em um mesmo horário e no mesmo aparelho, para não se assustar, pois ao acordar e ainda em jejum, é natural estar mais leve que no fim do dia em que o corpo além de cansado está mais inchado.

Alguns fatores patológicos também podem colaborar com o inchaço, bem como a gravidez, que além dos fatores normais que acarretam o acúmulo de líquido, tem o agravante hormonal e o peso do bebê e das medidas abdominais que recaem sobre os grandes vasos da pelve, prejudicando a circulação dos membros inferiores.

Para reduzir a retenção de água comum no corpo, que não esteja relacionada a um dos fatores citados no parágrafo à cima, é importante manter uma dieta balanceada, rica em alimentos dietéticos e antioxidantes, como frutas cítricas e vermelhas, gengibre, açafrão e castanhas. Além da ingestão superior a 2 litros de água, a prática de exercícios que estimulem a circulação sanguínea e o uso de meias de compressão. No caso de inchaço por doença ou gravidez, os cuidados devem ser indicados por um médico.

Além disso, existem técnicas manuais como a massagem modeladora e a drenagem linfática que estimulam o sistema linfático e a circulação sanguínea e por consequência eliminam ou reduzem a retenção de líquidos, reduzindo medidas. Se você deseja conversar com um profissional para avaliar sua estética corporal e agendar sessões do procedimento mais indicado para o seu caso, entre em contato com o IDC.

Home Blog Tratamento

Como funciona a Criolipólise?

Postado em: 15 de janeiro

A criolipólise é um método físico de liporedução que usa uma energia física de congelamento para afetar e destruir as células adiposas e de gordura de um local desejado, desestabilizando a membrana e por consequência, diminuindo a quantidade de gordura localizada na região onde o procedimento é apl...

continue lendo

A criolipólise é um método físico de liporedução que usa uma energia física de congelamento para afetar e destruir as células adiposas e de gordura de um local desejado, desestabilizando a membrana e por consequência, diminuindo a quantidade de gordura localizada na região onde o procedimento é aplicado.

Esta técnica utiliza um aparelho que suga a pele e o tecido subcutâneo da região para dentro de uma ventosa, que por sua vez emite uma energia de congelamento para quebra das células de gordura. No início é possível sentir uma leve dor e incomodo no local devido a sucção. Porém, após atingir uma determinada temperatura o procedimento torna-se indolor, pois o resfriamento causa uma condição de analgesia.

Além disso, é natural que após realizar a criolipólise a região fique endurecida e arroxeada, pois isto significa que o corpo dará início ao processo inflamatório que será o responsável por destruir as células de gordura vagarosamente. Dessa forma, em poucas semanas é possível visualizar o resultado e a quantidade gordura eliminada.

Como a inflamação leva alguns dias para drenar a gordura que está solta no tecido subcutâneo após a destruição das células, a criolipólise não deve ser repetida com intervalo inferior a 4 ou 6 semanas. Além disso, não é possível estipular uma determinada quantidade de sessões, pois o resultado final varia de acordo com a resposta biológica de cada indivíduo, sendo necessário aguardar este período antes de saber se é necessário repetir.

Entre em contato com o IDC para agendar uma sessão de criolipólise.

Como Funciona a Criolipólise

Home Blog Corpo

5 Curiosidades sobre a Gordura Localizada e como Eliminá-la

Postado em: 08 de janeiro

A gordura localizada é a responsável por uma das maiores insatisfações com o corpo de homens e mulheres. Por isso, separamos algumas informações muito relevantes para você que quer entender como ela funciona, e dessa forma, buscar o melhor método para eliminá-la juntamente com os profissionais que t...

continue lendo

A gordura localizada é a responsável por uma das maiores insatisfações com o corpo de homens e mulheres. Por isso, separamos algumas informações muito relevantes para você que quer entender como ela funciona, e dessa forma, buscar o melhor método para eliminá-la juntamente com os profissionais que te acompanham. Confira:

1. A gordura não possui região específica do corpo para estar armazenada, ela se distribui em todo o corpo, porém nem sempre de maneira uniforme. Por este motivo, não é possível eliminar gordura de uma única região, mesmo com exercícios locais, como a abdominal. As formas convencionais para eliminar gordura, alimentação saudável e exercícios físicos, eliminam a gordura do corpo como um todo.

5 Curiosidades sobre a Gordura Localizada e como Eliminá-la

2. Não existe um fator que cause a gordura localizada, ela é uma condição genética em que determinados indivíduos tendem a acumular uma maior quantidade de gordura em determinadas regiões do corpo, causando o desconforto estético.

3. Homens e mulheres podem sofrer com a gordura localizada, porém, por questões hormonais, os homens tendem a armazenar mais gordura no pescoço e abdômen.

5 Curiosidades sobre a Gordura Localizada e como Eliminá-la

4. A gestação é uma condição fisiológica e hormonal que causa o acúmulo de gordura na região da cintura, com o objetivo de proteger o bebê e a musculatura da mulher, bem como servir de isolante térmico durante este período. Porém para as pessoas que já possuem a tendência genética de acumular gordura nessa região, mesmo com a recuperação do peso e das medidas, a gordura localizada dessa área torna-se mais difícil de ser eliminada.

5 Curiosidades sobre a Gordura Localizada e como Eliminá-la

5. Exercícios específicos, como a abdominal, não são indicados se realizados de forma isolada para eliminar gordura. O ideal é aliar exercícios aeróbicos com o fortalecimento muscular da região desejada, para atingir resultados satisfatórios de perda de gordura, sempre acompanhados de uma alimentação equilibrada para eliminar a retenção de líquidos, que também colabora com o aumento de medidas.

5 Curiosidades sobre a Gordura Localizada e como Eliminá-la

A prática regular de exercícios físicos e uma alimentação saudável são as formas mais eficientes e duradouras de perder peso. Porém, existem tratamentos que ajudam a intensificar e acelerar o processo de perda da gordura localizada, como:

  • a lipoaspiração, opção mais definitiva e invasiva para atingir este objetivo, pois é um procedimento de cirurgia plástica;
  • o tratamento de quimioredução, que trata-se da injeção de produtos químicos que ajudam a destruir as células de gordura;
  • e os procedimentos de redução física, que utilizam equipamentos para introduzir mais ou menos calor na região desejada, com o objetivo de destruir ou minimizar o tecido adiposo.

Se você quer saber qual é o melhor método para eliminar a gordura localizada, entre em contato e converse com os profissionais do IDC para agendar uma avaliação corporal e realizar os procedimentos mais eficientes para o seu caso.

Veja outras matérias