Home Blog Alimentação

Fortaleça sua imunidade por meio de uma alimentação saudável

Postado em: 03 de August

Fortaleça sua imunidade por meio de uma alimentação saudável Nutrientes ajudam a fortalecer o organismo, prevenir doenças e garantir mais qualidade de vida A saúde depende de vários fatores, entre eles a alimentação. Cada alimento possui nutrientes essenciais para o organismo e para a imunid...

continue lendo

Fortaleça sua imunidade por meio de uma alimentação saudável

Nutrientes ajudam a fortalecer o organismo, prevenir doenças e garantir mais qualidade de vida Alimentação Saudável

A saúde depende de vários fatores, entre eles a alimentação. Cada alimento possui nutrientes essenciais para o organismo e para a imunidade. Segundo o nutrólogo Paulo de Souza F. Guimarães, do Instituto Dermatológico de Curitiba (IDC), alimentar-se bem não significa apenas ingerir a quantidade de calorias adequada, mas também comer alimentos que ajudam na prevenção de doenças. “Uma alimentação saudável, associada à manutenção do peso corporal e uma rotina de vida ativa e livre do estresse, é fundamental para a melhora do sistema imunológico”, destaca.

A qualidade dos alimentos é extremamente importante quando o assunto é dieta equilibrada. “Deve-se dar ênfase na ingestão de nutrientes e não apenas de calorias”, ressalta Guimarães, membro da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran). Frituras, doces e comidas calóricas devem ser evitadas, assim como comer fora do horário ou ficar longos períodos em jejum. O nutrólogo recomenda ingerir um alimento protéico ao menos três vezes por dia, de preferência nas principais refeições, comer frutas e hortaliças de forma regular e frequente e manter-se hidratado – a recomendação é beber no mínimo dois litros de água por dia. “Não é adequado substituir o consumo de água por sucos, mesmo que de frutas naturais ou produtos lácteos, pois são mais calóricos e perdem-se muitos nutrientes e fibras das frutas no preparo”, explica o especialista.

Além de escolher itens de boa qualidade, é importante ficar atento à higiene adequada das frutas, verduras e legumes. Elas devem ser higienizadas corretamente antes do consumo. Os alimentos também devem ser frescos e de boa procedência. Se possível, as compras devem ser realizadas semanalmente.

Alimentação Saudável

Pele exposta ao sol e manchas: cuidado!

O nutrólogo aponta os nutrientes essenciais para manter a imunidade fortalecida:

  • Vitamina C: presente em frutas cítricas, como a laranja (que deve ser consumida in natura com frequência, pois também é uma excelente fonte de fibras que ajudam na saciedade e controle de peso), limão (desintoxicante), kiwi, morango e acerola. A vitamina C também é encontrada em boa quantidade no pimentão amarelo e no brócolis.
  • Vitamina E: é um poderoso antioxidante, extremamente útil na prevenção de doenças. Pode ser encontrada principalmente em sementes e oleaginosas como castanhas, girassol, amendoim, amêndoas e nozes, em vegetais de folhas verdes e na gema do ovo.
  • Vitamina D: além de seus efeitos na saúde óssea, a deficiência desta vitamina está associada a distúrbios do sistema imune. A recomendação é se expor ao sol diariamente e procurar ingerir alimentos como a gema do ovo, queijos e derivados, peixes e frutos do mar.
  • Zinco: é um mineral que participa de várias etapas do sistema imune. A orientação é consumir diariamente alimentos como sementes, castanhas, amendoim, oleaginosas (como feijão), gema de ovo, queijos e derivados e chocolate amargo.
  • Selênio: possui papel antioxidante e é essencial para uma boa imunidade. Presente principalmente na castanha do Pará, também pode ser encontrado na gema do ovo, trigo, frango, arroz e sementes.
  • Probióticos e prebióticos: uma flora intestinal saudável está intimamente ligada à boa resposta imune. O ideal é ingerir alimentos ricos em fibras (prebióticos) e lactobacilos (probióticos) e ter uma hidratação adequada.

“Para o fortalecimento da imunidade é fundamental ter uma alimentação equilibrada e saudável, ingerindo uma quantidade de calorias suficientes para a manutenção das funções orgânicas, numa proporção adequada de proteínas, carboidratos e gorduras, como também um teor adequado de fibras, vitaminas e minerais”, esclarece Guimarães.

Alimentação Saudável

Vilões da imunidade

O nutrólogo enfatiza que gorduras em excesso potencializam os processos inflamatórios, que são prejudiciais para a imunidade. “É recomendado evitar o consumo de frituras e fast food. Os carboidratos de elevado índice glicêmico, ou seja, alimentos com altos teores de açúcar, como doces e massas, também devem ser evitados para que não ocorra o acúmulo de gorduras, sobrecarga hepática e maior incidência de inflamação”, acrescenta.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com nossos especialistas pelo WhatsApp do Instituto Dermatológico de Curitiba.

Home Blog Alimentação

Alimentação: como manter a qualidade de vida após os 50 anos

Postado em: 29 de August

A expectativa de vida tem aumentado cada vez mais. Tão importante quanto viver mais, é envelhecer bem. Após os 50 anos, alguns cuidados são essenciais para manter a saúde do corpo e da mente em dia. A alimentação é um dos pilares fundamentais para ter mais qualidade de vida e equilíbrio – comer ...

continue lendo

A expectativa de vida tem aumentado cada vez mais. Tão importante quanto viver mais, é envelhecer bem. Após os 50 anos, alguns cuidados são essenciais para manter a saúde do corpo e da mente em dia. A alimentação é um dos pilares fundamentais para ter mais qualidade de vida e equilíbrio – comer bem significa aumentar a resistência às doenças, ter mais energia e se recuperar mais rapidamente de enfermidades. Um prato colorido é um indício de boas escolhas. Consumir uma grande variedade de frutas, legumes e verduras e optar por proteínas magras e grãos integrais vai fazer a diferença na disposição e na saúde. Confira as principais dicas para uma alimentação balanceada e saudável:

- Dê preferência aos alimentos frescos e aproveite tudo. Folhas e talos também são ricos em vitaminas e nutrientes.

- Consuma mais fibras. Uma das formas mais simples e fáceis é comer frutas e verduras cruas.

- Vegetais cozidos, crus, assados: solte a imaginação e prepare pratos cheios de sabor e saúde. Use e abuse dos verdes escuros e alaranjados, que são antioxidantes.

- O organismo precisa de cálcio, especialmente nessa idade, para proteger os ossos e prevenir a osteoporose. Leite e derivados, brócolis, amêndoas, couve e tofu são algumas fontes de cálcio.

- Grãos integrais são melhores para a saúde do que as farinhas refinadas. Além de aumentar a saciedade, evitam os picos de glicose no sangue.

- Não esqueça das proteínas. Carnes, peixes, ovos, feijão, ervilha e sementes devem estar presentes no cardápio.

- Tá com sede? Tome água. Este é o melhor líquido para hidratar o corpo, não tem nenhuma contraindicação e é essencial para o funcionamento correto dos órgãos.

- Reduza a quantidade de sal. O excesso de sódio é responsável pela retenção de água e hipertensão.

- Utilize gorduras boas como azeite de oliva, abacate, salmão e nozes. Além de proteger o organismo de doenças cardíacas, elas aumentam o colesterol bom (HDL) e diminuem o ruim (LDL).

Home Blog Alimentação

Os benefícios dos chocolates a base de alfarroba na páscoa

Postado em: 20 de March

Quando se inicia uma dieta a vontade de comer coisas doces pode ser um grande desafio! Para que esse período não seja um martírio, a dica é substituir o chocolate por opções mais saudáveis, como a alfarroba.Com gostinho, cor e textura semelhantes ao do chocolate, porém sem a gordura, uma das princip...

continue lendo

Quando se inicia uma dieta a vontade de comer coisas doces pode ser um grande desafio! Para que esse período não seja um martírio, a dica é substituir o chocolate por opções mais saudáveis, como a alfarroba.

Com gostinho, cor e textura semelhantes ao do chocolate, porém sem a gordura, uma das principais vilãs dessa delícia. A farinha a base de alfarroba também costuma ter menos açucares e, por isso, virou uma alternativa menos calórica aos doces à base de cacau.

O que mais tem despertado a atenção dos nutricionistas e nutrólogos é o baixo índice glicêmico desse falso chocolate e, por isso, é considerado um aliado contra o diabetes. A alfarroba tem apenas 7% de gordura, enquanto o cacau 23% (considerando 20 gramas da versão em pó), além de outras diferenças nutricionais como uma menor quantidade de calorias e de sódio.

Para pessoas que são sensíveis a cafeína ou até mesmo chocolate escuro, considerem substituir o cacau por alfarroba em pó para fazer sobremesas à base de chocolate nesta Páscoa. Enquanto o cacau é carregado com alcalóides como metilxantinas e teobromina, que podem estimular demais o sistema nervoso central, a alfarroba não contém cafeína.

Outro benefício interessante é a melhora na digestão. Uma colher de sopa de alfarroba contém 10 por cento da ingestão diária recomendada de fibras. A fibra atua como uma vassoura interna, empurrando comida digerida através do intestino grosso, mantendo-o limpo e saudável, aliviando movimentos intestinais e lavando substâncias cancerígenas nocivas do corpo.

O Instituto Dermatológico de Curitiba recomenda a alfarroba como uma opção mais saudável para substituir os chocolates a base de cacau nesta Páscoa. E no caso de desequilíbrios no sistema digestivo ou problemas relacionados a alimentação entre em contato com o IDC e agende sua avaliação com nosso nutricionistas Dr. Paulo Guimarães.

Home Blog Corpo

Redução de Medidas e Inchaço

Postado em: 22 de January

O ganho de medidas e o ganho de peso, não estão necessariamente ligados ao ganho de gordura. Por isso, é importante manter um acompanhamento profissional que possa levantar os ganhos hídricos (retenção de água), a porcentagem de massa muscular e a quantidade de gordura do corpo, pois estar informaçõ...

continue lendo

O ganho de medidas e o ganho de peso, não estão necessariamente ligados ao ganho de gordura. Por isso, é importante manter um acompanhamento profissional que possa levantar os ganhos hídricos (retenção de água), a porcentagem de massa muscular e a quantidade de gordura do corpo, pois estar informações não são possíveis de medir através da balança comum.

É importante lembrar que a principal responsável pelo ganho rápido de medida ou de peso é a retenção de líquidos. Por este motivo o ideal é acompanhar seu peso sempre em um mesmo horário e no mesmo aparelho, para não se assustar, pois ao acordar e ainda em jejum, é natural estar mais leve que no fim do dia em que o corpo além de cansado está mais inchado.

Alguns fatores patológicos também podem colaborar com o inchaço, bem como a gravidez, que além dos fatores normais que acarretam o acúmulo de líquido, tem o agravante hormonal e o peso do bebê e das medidas abdominais que recaem sobre os grandes vasos da pelve, prejudicando a circulação dos membros inferiores.

Para reduzir a retenção de água comum no corpo, que não esteja relacionada a um dos fatores citados no parágrafo à cima, é importante manter uma dieta balanceada, rica em alimentos dietéticos e antioxidantes, como frutas cítricas e vermelhas, gengibre, açafrão e castanhas. Além da ingestão superior a 2 litros de água, a prática de exercícios que estimulem a circulação sanguínea e o uso de meias de compressão. No caso de inchaço por doença ou gravidez, os cuidados devem ser indicados por um médico.

Além disso, existem técnicas manuais como a massagem modeladora e a drenagem linfática que estimulam o sistema linfático e a circulação sanguínea e por consequência eliminam ou reduzem a retenção de líquidos, reduzindo medidas. Se você deseja conversar com um profissional para avaliar sua estética corporal e agendar sessões do procedimento mais indicado para o seu caso, entre em contato com o IDC.

Home Blog Alimentação

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE UM NUTRÓLOGO E UM NUTRICIONISTA?

Postado em: 29 de September

A medicina existe para ajudar as pessoas no que tange a manutenção da saúde e bem-estar físico. Os seres humanos são organismos complexos: com diversas funções e necessidades biológicas. Imagine então esse organismo como uma máquina cujos componentes devem funcionar em sinergia para que a máquina te...

continue lendo

A medicina existe para ajudar as pessoas no que tange a manutenção da saúde e bem-estar físico. Os seres humanos são organismos complexos: com diversas funções e necessidades biológicas. Imagine então esse organismo como uma máquina cujos componentes devem funcionar em sinergia para que a máquina tenha o seu funcionamento normal. Quando algum dos componentes é prejudicado, todo sistema sente um descompasso e começa a trabalhar sob condição adversa, causando danos e prejudicando a vida útil da máquina.

É exatamente isso que acontece quando indivíduo tem alguma patologia, trauma ou sofrimento físico ou mental. Todo o corpo começa a perecer até que o problema seja tratado ou erradicado. A alimentação é o aspecto mais importante para o funcionamento do nosso corpo, é o que nos mantem vivos, portanto, quanto existem problemas desta natureza é preciso procurar imediatamente um especialista para avaliar a situação e orientar sobre o que deve ser feito para superar o problema.

Nutrólogo X Nutricionista

O nutrólogo é antes de mais nada um médico por formação, enquanto o nutricionista não é formado em medicina. Além da sua formação clínica, o nutrólogo é um especialista em nutrologia, tendo assim a capacidade de diagnosticar algumas patologias que estão relacionadas aos distúrbios nutricionais, déficit de nutrientes ou algum problema que leve a pessoa a ter um acúmulo de gordura, perda de proteína ou comprometimento de alguma função orgânica.

O nutrólogo tem ainda a autonomia para prescrever medicamentos, desenvolver uma dieta específica ou acompanhar o paciente durante um ganho nutricional ou suporte metabólico.

Quem pode se consultar com um nutrólogo?

Qualquer pessoa pode se consultar com um nutrólogo, todo indivíduo que tenha interesse na melhora da sua saúde ou qualidade de vida. O acompanhamento deste profissional também é interessante para pessoas que precisam controlar patologias existentes, como: hipertensão, diabetes ou colesterol.

Existe ainda a indicação do nutrólogo para pessoas que procuram de um melhor desempenho físico, bem como atletas de corrida, musculação ou esportes que envolvam ganhos ou perdas de peso, além daqueles que necessitam de manutenção do percentual de gordura.

Agende sua consulta aqui.