Home Blog Tratamento

NEVUS DE OTA: CAUSAS E TRATAMENTO

Postado em: 22 de março

O nevus (nevo) de ota é um tipo de melanocitose dérmica (melanócitos excessivos nos tecidos), também conhecido como melanose bulbi congênita, nevus fuscoceruleus ophthalmomaxillaris, melanocitose oculodérmica ou melanocitose oculomucodérmica. A patologia é caracterizada por uma hiperpigmentação ...

continue lendo

O nevus (nevo) de ota é um tipo de melanocitose dérmica (melanócitos excessivos nos tecidos), também conhecido como melanose bulbi congênita, nevus fuscoceruleus ophthalmomaxillaris, melanocitose oculodérmica ou melanocitose oculomucodérmica.

A patologia é caracterizada por uma hiperpigmentação da pele na região do rosto próximo ao nervo trigêmeo ou nos olhos. As manchas que aparecem podem ser de coloração azul-escura, verde-azuladas, violetas ou castanhas, e são mais frequentes em mulheres negras e orientais.

As manchas são tipicamente unilaterais, o que significa que geralmente envolve apenas um lado do rosto. Em alguns casos, pode se apresentar bilateralmente em ambos os lados da face. Se isso ocorrer, a condição é referida como nevo de Hori.

Estudos estimam que cerca de 50 por cento de todos os casos de nevo de ota estão presentes no nascimento, enquanto o resto geralmente se desenvolve durante a adolescência. Mas, o que causa essa hiperpigmentação da pele?

CAUSAS

A doença é ocasionada pelo aprisionamento de melanócitos, que são as células produtoras da melanina que dão cor à pele. Os melanócitos geralmente ficam localizados entre a epiderme e a derme.

No caso do nevus de ota os melanócitos estão localizados todos na derme, que é a camada mais superficial da pele, por isso acabam produzindo essa coloração mais escura na região formando uma mancha escura.

As manchas são mais comumente encontradas em mulheres do que em homens, com uma proporção estimada de 5:1. Também ocorre mais comumente em pessoas de ascendência asiática ou africana. No entanto, o nevus de ota pode se apresentar em pessoas de todas as diferentes pigmentações da pele.

TRATAMENTO

Se você está com hiperpigmentação da pele perto ou ao redor dos olhos, é importante consultar um médico para um diagnóstico apropriado. O seu dermatologista vai observar a descoloração e sugerir o melhor tratamento.

Os tratamentos a laser com o Spectra XT costumam ser a abordagem corretiva mais eficaz para o nevus de ota, embora devam ser repetidos mais de uma vez, com múltiplas abordagens e aplicações.

Os tratamentos a laser trabalham para destruir os melanócitos excessivos que causam a hiperpigmentação azulada, com o objetivo de devolver a pele ao seu pigmento natural.

Caso tenha alguma dúvida sobre a doença, queira sugerir temas ou conversar sobre algum assunto entre em contato conosco.

E enquanto você espera nossa próxima publicação, quero compartilhar alguns dos nossos melhores conteúdos com você:

Causas e tratamentos de manchas na pele

Diferenças entre melasma e melanoses

;