Home Blog Pele

Estimulando a produção natural de colágeno com dermaroller facial

Postado em: 27 de março

Com o início do Outono onde as temperaturas são mais amenas e há pouca incidência solar, a procura por tratamentos para a pele como Dermaroller (também chamado de microagulhamento) aumentam. Como o próprio nome sugere, trata-se de um aparelho formado por um cilindro onde existem dezenas de micro agu...

continue lendo

Com o início do Outono onde as temperaturas são mais amenas e há pouca incidência solar, a procura por tratamentos para a pele como Dermaroller (também chamado de microagulhamento) aumentam. Como o próprio nome sugere, trata-se de um aparelho formado por um cilindro onde existem dezenas de micro agulhas extremamente finas.

A técnica com Dermaroller facial estimula a produção de colágeno através da indução percutânea em um processo cicatrizante. São microagulhas, mais finas que um fio de cabelo, que formam um sistema de múltiplos micro canais fracionados – ou seja, inúmeros furinhos na pele que nem podem ser percebidos a olho nu e que permitem a máxima absorção de ativos cosméticos, obrigando a pele a produzir muito colágeno.

A estimulação do colágeno é tanta que o tratamento com Dermaroller pode aumentar cerca de 400 vezes a quantidade de colágeno existente na pele do paciente. Por isso, a técnica é muito aplicada em pacientes que querem rejuvenescimento, combater manchas, rugas, estrias, cicatrizes ou até mesmo acnes e queimaduras. Além disso, o procedimento também pode ser utilizado no tratamento de calvícies e quedas de cabelos, pois ajuda a ativar a circulação do couro cabeludo, reduzindo o risco de queda.

O Dermaroller é um procedimento tranquilo de ser realizado, mas embora seja um procedimento seguros cuidados pós-tratamento são imprescindíveis. Faça uso intensivo de protetor solar de boa qualidade, preferencialmente de fator 30 ou maior, pois o tratamento remove a camada superficial da pele, deixando a região do rosto muito sensível, vermelha e dolorida, por esse motivo a pele deve ficar protegida do sol para poder se recuperar.

Mas muito cuidado! Muitas pessoas tentam realizar esse procedimento com Dermaroller em casa, sem conhecimento apropriado para aplicação da maneira correta. O Instituto Dermatológico de Curitiba apoia as recomendações da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da ANVISA, uma vez que o material é descartável e não deve ser reutilizado (nem no mesmo paciente), além disso a pele deve receber um processo de assepsia profunda, onde é aplicado sabonete bactericida, clorexidina e álcool 70%.

O Instituto Dermatológico de Curitiba se preocupa com o seu bem-estar diário e, por isso, conta com profissionais habilitados para o tratamento com Dermaroller. Entre em contato e agende uma avaliação.

;