Home Blog Dermatologia

COMO COMBATER O SUOR EXCESSIVO

Postado em: 05 de fevereiro

Suar é um processo natural que ajuda o corpo a ajustar sua temperatura. O nível de transpiração pode depender de pessoa para pessoa e vários fatores, como obesidade, problemas cardíacos, hipertireoidismo, estresse, diabetes e menopausa. O suor excessivo (também conhecido como hiperidrose) é um pr...

continue lendo

Suar é um processo natural que ajuda o corpo a ajustar sua temperatura. O nível de transpiração pode depender de pessoa para pessoa e vários fatores, como obesidade, problemas cardíacos, hipertireoidismo, estresse, diabetes e menopausa.

O suor excessivo (também conhecido como hiperidrose) é um problema muito comum e embaraçoso, mas existem algumas formas eficazes de tratá-lo. Antes de se esconder sob roupas volumosas ou mudar para um clima mais frio, experimente adotar essas dicas técnicas para combater a transpiração excessiva:

ANTITRANSPIRANTES

A maneira mais fácil de combater o suor excessiva é com um antiperspirante, que a maioria das pessoas já usa diariamente. A maioria dos antiperspirantes contém sais de alumínio, que quando entram em contato com a pele, formam um tampão que bloqueia a transpiração.

EVITE ALIMENTOS INDUTORES DE SUOR

Você sabia que sua dieta pode afetar o quanto você sua? E alguns alimentos podem fazer com que seu corpo produza mais suor do que outros. Se você sentir que está suando demais, reduzir ou eliminar os alimentos indutores de suor em sua dieta pode ajudar.

Confira alguns alimentos que podem desencadear o suor: alimentos processados; licor e cerveja; alho e cebola; alimentos que têm alto teor de gordura; cafeína; pratos quentes e picantes e sorvete.

Ao procurar reduzir o suor através de sua dieta, é importante se concentrar em alimentos que não sobrecarreguem seu sistema digestivo. Alguns alimentos redutores de suor que você pode querer incluir na dieta: água; alimentos com alto teor de cálcio (como laticínios e queijo), amêndoas, bananas, soro de leite, vegetais e frutas com alto teor de água (por exemplo, melancia, uva, melão, brócolis, espinafre, couve-flor, pimentão, berinjela, repolho roxo),azeite, aveia, chá verdebatatas doces.

TOXINA BOTULÍNICA

Outra opção de tratamento para a transpiração excessiva são as aplicações de toxina botulínica (mais conhecida como botox), o mesmo medicamento usado no tratamento de rugas e linhas de expressão. A toxina botulínica é aprovada pela ANVISA para o tratamento da transpiração excessiva das axilas, mas alguns médicos também podem usá-lo nas palmas das mãos e solas dos pés.

O botox funciona impedindo a liberação de um produto químico que ativa as glândulas sudoríparas e apesar de ser necessário várias aplicações, os resultados podem durar quase um ano.

Como você pôde ver, fazer algumas mudanças no seu estilo de vida e hábitos pode minimizar a frequência com que você sua. Entretanto, nos casos onde a dieta ou métodos caseiros se mostrarem ineficazes, é indicado procurar ajuda de um médico.

Em casos específicos, pessoas que suam muito podem ter uma condição chamada hiperidrose. Confira o vídeo abaixo sobre como a toxina botulínica auxilia no tratamento:

Sempre que quiser sugerir temas ou conversar sobre algum assunto pode entrar em contato conosco.

E enquanto você espera nossa próxima publicação, quero compartilhar alguns dos nossos melhores conteúdos com você:

As funções da toxina butolínica além da estética

O preenchimento labial das celebridades

Drenagem linfática: quais são as vantagens?

;