Home Blog Corpo

O poder do laser CO² fracionado na produção de colágeno

Postado em: 29 de maio

Hoje em dia é praticamente impossível falar em beleza, estética e rejuvenescimento sem falar de laser. O laser CO2 Fracionado é considerado um dos melhores tratamentos para produção de colágeno não cirúrgico. O laser CO2 Fracionado é uma técnica inovadora e segura que estimula a formação de colágeno...

continue lendo

Hoje em dia é praticamente impossível falar em beleza, estética e rejuvenescimento sem falar de laser. O laser CO2 Fracionado é considerado um dos melhores tratamentos para produção de colágeno não cirúrgico.

O laser CO2 Fracionado é uma técnica inovadora e segura que estimula a formação de colágeno e promove a renovação da pele, deixando-a mais jovem e removendo cicatrizes em geral, além de eliminar as estrias e a flacidez.

Quando aplicado na pele, atua aquecendo a água da pele, causando a destruição da pele envelhecida que será substituída por uma nova. O CO² Fracionado estimula a remodelação do colágeno e contração do tecido da pele, reduzindo a flacidez corporal.

O laser CO2 Fracionado é um procedimento seguro, porém vale ressaltar que é necessário realizar uma avaliação médica antes de iniciar o procedimento e seguir as orientações de um médico para evitar futuras complicações.

Portanto se você quer uma pele mais jovem e bonita e não pode ficar muito tempo afastado de suas atividades para recuperação, o laser CO2 Fracionado é o procedimento certo para você. Entre em contato com o IDC, retire suas dúvidas e agende uma avaliação médica.

Home Blog Corpo

Os benefícios do Venus Legacy para o tratamento da Gordura Localizada

Postado em: 22 de maio

Se existe algo que toda mulher abomina, é a gordura localizada. Quando engordamos um pouquinho e acumulamos gordura no bumbum, coxa ou culote, muitas vezes acaba incomodando e pode até atrapalhar a autoestima. Afinal, muitas mulheres deixam de usar determinadas roupas um pouco mais curtas com medo d...

continue lendo

Se existe algo que toda mulher abomina, é a gordura localizada. Quando engordamos um pouquinho e acumulamos gordura no bumbum, coxa ou culote, muitas vezes acaba incomodando e pode até atrapalhar a autoestima.

Afinal, muitas mulheres deixam de usar determinadas roupas um pouco mais curtas com medo de expor os pneuzinhos ou a barriga.

Para quem se identifica com a situação, nós temos duas notícias: uma boa e outra ótima. A primeira é que tem como queimar gordura localizada rápido sem precisar recorrer a tratamentos milagrosos. E a segunda, é que o IDC agora conta com o Venus Legacy, um dispositivo médico não invasivo que proporciona os mais rápidos, seguros e confortáveis tratamentos estéticos, sem a necessidade de cirurgia.

O tratamento para gordura localizada deve ser previamente avaliado por um profissional para identificar as necessidades do seu corpo e a expectativa com o procedimento.

Está precisando de tratamentos para redução de medidas e gordura localizada? Entre em contato conosco, retire suas dúvidas ou agende uma avaliação médica.

Home Blog Corpo

Varizes: sintomas, causas e tratamentos

Postado em: 19 de fevereiro

As varizes, veias saltadas e visíveis sob a pele, são um problema sério que vai além da estética, pois além de causar dores e desconforto frequente ao paciente, pode ser a responsável pelo surgimento de doenças ainda mais sérias. Varizes são dilatações nas veias do corpo e surgem principalmente nas ...

continue lendo

As varizes, veias saltadas e visíveis sob a pele, são um problema sério que vai além da estética, pois além de causar dores e desconforto frequente ao paciente, pode ser a responsável pelo surgimento de doenças ainda mais sérias. Varizes são dilatações nas veias do corpo e surgem principalmente nas pernas e pés. É uma doença do sistema venoso superficial, que acontece devido ao acúmulo de sangue e insuficiência venosa.

Os principais sintomas das varizes são as veias inchadas e aparentes (propensas a rupturas), ardência, dores, câimbras e dormência na região quando o indivíduo permanece em pé por muitas horas, além da sensação de peso nos membros inferiores e inchaço no fim do dia. O agravamento desse problema, pode causar uma reação inflamatória que causa o endurecimento cutâneo.

As mulheres sofrem mais com as varizes devido a questões hormonais. Por isso, os sintomas ficam ainda mais intensos durante a gestação ou no período menstrual. Além disso, eles também pioram em dias quentes, devido a dilatação natural dos vasos sanguíneos ao ficarem expostos ao calor.

As causas das varizes podem variar e possuem como principal fator a genética do paciente, porém, existem alguns hábitos que ajudam a agravar este problema, como: o sedentarismo, sobrepeso, trabalhar muitas horas em pé ou sentado e o uso de hormônios.

Os tratamentos das varizes podem ser clínicos ou invasivos, dependendo da gravidade do problema. No clínico, são utilizados medicamentos e compreensão elástica e o invasivo é feito com laser, radiofrequência ou até mesmo cirurgia. Procure o acompanhamento de um profissional. A mudança de hábitos também pode ajudar a diminuir os sintomas, mas é necessário saber a gravidade do problema. Busque praticar exercícios, perder peso e evite ficar em pé ou sentado por longos períodos.

Para consulta com um especialista, entre em contato e agende uma consulta com um dos profissionais do Instituto Dermatológico de Curitiba.

Home Blog Corpo

O que causa as estrias?

Postado em: 12 de fevereiro

As estrias, linhas paralelas que surgem em determinadas partes do corpo, são cicatrizes causadas pelo rompimento das fibras elásticas e colágenas de sustentação da derme. Isso acontece quando ocorre uma distensão repentina da pele que não está preparada para ser esticada, em casos como:Gravidez;Ganh...

continue lendo

As estrias, linhas paralelas que surgem em determinadas partes do corpo, são cicatrizes causadas pelo rompimento das fibras elásticas e colágenas de sustentação da derme. Isso acontece quando ocorre uma distensão repentina da pele que não está preparada para ser esticada, em casos como:

  • Gravidez;
  • Ganho excessivo de peso em pouco tempo;
  • Aumento de altura abruptamente;
  • Colocação de implantes sem cuidados pós-operatórios;
  • Excesso de exercícios físicos;
  • Uso de anabolizantes;
  • Uso prolongado de corticóide.

Algumas das situações mencionadas a cima não podem ser evitadas para a prevenção das estrias, como é o caso da gravidez e crescimento. Porém, algumas medidas ajudam a prevenir ou minimizar seu surgimento, como:

  • A ingestão de pelo menos 2 litros de água por dia;
  • Manutenção do peso de forma saudável e equilibrada;
  • Massagear a pele após o banho com cremes hidratantes ou óleos corporais;

Este problema pode afetar homens e mulheres em qualquer idade e pode ainda ser agravado por fatores genéticos. Sua aparência consiste no surgimento de linhas brancas, roxas ou rosas na superfície da pele, principalmente no abdômen, quadril, costas, ombros, seios, coxas e nádegas.

As estrias não proporcionam nenhuma complicação médica ao paciente, apenas desconforto estético. Elas possuem duas classificações: estrias rosadas, lesões recentes que podem vir acompanhadas de coceira e inflamação. Já as estrias esbranquiçadas são lesões mais antigas.

Os tratamentos disponíveis para estrias dependem da avaliação de um médico dermatologista que saberá identificar as causas e situação atual da pele. Apenas com um diagnóstico profissional será possível encaminhar o paciente para um procedimento ou especialista que dará resultados efetivos.

Entre em contato e agende uma consulta com um dos dermatologistas do IDC.

Home Blog Corpo

Diferença da Celulite em Homens e Mulheres

Postado em: 30 de janeiro

A celulite é uma situação que acomete principalmente as mulheres e é responsável por um dos maiores incômodos com o corpo. Porém, não é possível determinar uma causa específica que justifique seu surgimento, pois é um problema multifatorial que dependem dos seguintes fatores para determinar o grau d...

continue lendo
Diferença da Celulite em Homens e Mulheres

A celulite é uma situação que acomete principalmente as mulheres e é responsável por um dos maiores incômodos com o corpo. Porém, não é possível determinar uma causa específica que justifique seu surgimento, pois é um problema multifatorial que dependem dos seguintes fatores para determinar o grau do problema, possível evolução e respostas aos tratamentos:

  • Hormônios;
  • Genética;
  • Idade;
  • Hábitos Alimentares;
  • Consumo de álcool e cigarro;
  • Sedentarismo;

A partir dos 20 anos de idade esses hábitos passam a determinar seu surgimento e as mulheres acabam sofrendo mais com este problema, pois seu sistema circulatório é mais deficiente e complexo devido a predominância de estrogênio. A estrutura muscular feminina também é menos desenvolvida, mesmo quando existe a prática de exercícios físicos e isso facilita o surgimento da celulite.

Além disso, o deposito de gordura na mulher e no homem acontece de forma diferente. Enquanto neles ela mantém uma forma plana e sem divisões, nelas o deposito é em favos e dividida por septos, o que causa aquele aspecto de ondulação.

Visto que a celulite surge por diversos fatores, o tratamento também exige o alinhamento de diversas atividades. O uso de técnicas e aparelhos ajudam e muito a minimizar este problema, melhorando a distribuição e até reduzindo a gordura e estimulando a circulação do local. Porém, é fundamental que haja uma dieta adequada, a prática de exercícios físicos que melhorem o tônus muscular da região e tratamento de patologias que prejudique o sistema circulatório como varizes, varicoses e dificuldade de retorno linfático.

Se você precisa de auxílio no tratamento da celulite, entre em contato com o IDC e agende uma consulta com nossos profissionais.